história de guarulhos

Preparado para ser referência em construções planejadas para habitações populares, o Conjunto Habitacional Zezinho Magalhães Prado, mais conhecido como Cecap foi construído em Guarulhos como marco arquitetônico e político na área desenvolvimento habitacional.

O bairro foi planejado com infraestrutura completa em educação, lazer, saúde e comércio. Porém, a obra foi entregue sem a finalização do projeto. Os primeiros moradores estavam isolados geograficamente e não tinham o básico de estrutura. O simples hábito de comprar pão para o café da manhã era uma batalha, pois, nem padaria havia por perto.

A história do desenvolvimento do local é contada nas páginas de “CECAP Guarulhos – História, identidades e memória”. No rol das publicações sobre Guarulhos, o livro se destaca pela hábil e profunda utilização da pesquisa oral. O fato, ainda, próximo dos nossos dias contribui para compor este importante documento para posteriori.

A vontade de formar um bairro organizado e cobrar todos os itens inclusos no projeto inicial criou nos moradores do conjunto habitacional uma vontade política ímpar. Criou redes de trabalho voluntário em grupo e trouxe união aos vizinhos. Talvez, quando o guarulhense diz que pessoal do CECAP não se mistura com os habitantes dos outros locais, venha da organização política e a união criada nas reuniões de condomínio.

“CECAP Guarulhos – História, identidades e memória” traz um trabalho minucioso em pesquisa de documentos, que deixa a leitura lenta nos primeiros capítulos, mas são informações importantes para entender a construção do conjunto de apartamentos e a política habitacional da época. A utilização da história oral dá o sentido e o sentimento não encontrado em documentos.

 Sobre o livro:

cecap Autores: Tiago Cavalcante Guerra (organizador), Adílson do Nascimento Freire, Augusto César Maurício Borges, Eder Martins, Jociene dos Santos Peixoto, Rafaela de Barros Souza, Shisleni de Oliveira Macedo.
Editora: Scortecci
Assunto: história de Guarulhos
Páginas: 195
Ano de edição: 2010

Clique aqui para baixar o PDF do livro

 

23-07-2015

CECAP Guarulhos – História, identidades e memória

Preparado para ser referência em construções planejadas para habitações populares, o Conjunto Habitacional Zezinho Magalhães Prado, mais conhecido como Cecap foi construído em Guarulhos como marco arquitetônico e político na área desenvolvimento habitacional.
21-07-2015

Praça Oito de Dezembro: lembranças do Taboão

O passado é uma construção social situada na confluência de inúmeros tipos de registros documentais e de lembranças particulares e coletivas; em outras palavras, podemos afirmar que o passado resulta de memórias e da escrita da História.
21-07-2015

Casa Saraceni, quem ainda se lembra?

Parece que foi ontem, (ou que ainda nem foi), mas já se passaram quatro anos da demolição da Casa Saraceni. Provavelmente muitos se recordem que a casa ficava isolada no estacionamento do shopping da cidade, propositalmente a cercaram sem uso, quem passava em frente ficava a admirar que a casa estivesse em pé e em boas condições. Há quem ainda pergunte por que a derrubaram, afinal não era tombada?
17-07-2015

O aeroporto em Guarulhos: do ‘não’ ao cartão postal

Inaugurado em 29 de Janeiro de 1985, o aeroporto Governador André Franco Montoro, ou apenas Aeroporto de Cumbica, se constitui, hoje, em uma importante referência da cidade de Guarulhos. Muitas vezes confundido como pertencente a São Paulo, depois de quase 30 anos o Aeroporto hoje é visto como importante cartão postal da cidade. Mas nem sempre foi assim é isto vamos discutir hoje.