Artigos

Mineração em Guarulhos

Para falar sobre o crescimento e a economia de Guarulhos desde a sua fundação, é preciso voltar no tempo, para isso utilizamos das informações contidas no livro “Formação de uma Metrópole” de autoria de Expedito Leandro Silva.

Como sabemos, muitos povos investiram firme na ocupação e colonização de novas terras, porém, portugueses e espanhóis aparecem entre os principais.

Durante as primeiras viagens de exploração ambos travavam grandes batalhas com o objetivo de ampliar seus domínios, porém após a assinatura do Tratado de Tordesilhas em 1494, os espanhóis não deram continuidade ao seu processo de expansão mercantilista, uma vez que o litoral brasileiro agora estava localizado no território correspondente aos lusitanos.

Todavia, com a França a história foi bem diferente. O Rei Francisco I afirmou desconhecer a cláusula que reservava o mundo unicamente a portugueses e espanhóis. Com a ambição de expandir suas estâncias comerciais, os franceses lançaram-se ao litoral brasileiro disputando com os portugueses a exploração do pau-brasil, um produto valioso no mercado europeu.

Diante dos perigos que os traficantes de madeira representavam para a nova terra, a coroa portuguesa viu-se obrigada a investir na Cia de Jesus, formada por Jesuítas para ocupar e colonizar o território. O comando da missão de explorar todo o litoral e fundar os primeiros povoados ficou a cargo de Martim Afonso de Souza. E assim a Vila de São Paulo tornou-se um local de referência nos conflitos entre brancos e índios.

Preocupados em resolver essa situação, os Jesuítas organizaram doze pontos estratégicos em volta do Colégio de Piratininga. Num desses pontos estava a aldeia dos Guarus. Nota-se que a intenção dos Jesuítas era a própria segurança, além da exploração de mão de obra indígena para fundar e edificar cidades, vilas e povoados, ocupando o maior espaço geográfico possível, e com isso, garantir mais terras para a coroa portuguesa.

E assim, no ano de 1560 nasce a cidade de Guarulhos, influenciada pela história do mundo no Brasil, cujas características e peculiaridades contribuíram para sua organização social, perfil da população e a economia. Entretanto, o que mais chamou a atenção dos colonizadores foi sua riqueza mineral. Não apenas pelo ouro aqui encontrado como também o extrativismo de areia e carvão vegetal.

Grupo Paupedra, Guarulhos, 1991, história de guarulhos, foto antiga

Pedreira da Paupedra, bairro Capelinha. Ano: 1991. Acervo: Arquivo Histórico de Guarulhos.

O desenvolvimento agrícola foi favorecido pela atuação dos imigrantes que cultivavam seu produto em chácaras, sítios e colônias. Dessa forma, Guarulhos foi crescendo com estilo de cidade provinciana.

A mineração teve papel importante para o fortalecimento da economia. Vale destacar:

  • Quartzito: Usado em revestimentos de chapas de ferro para evitar a oxidação, é encontrado na divisa de Mairiporã, Serra de Pirucaia e segue até o sul de Nazaré;
  • Argilas refratárias: Encontradas em Santa Cruz do Taboão – Sua produção mensal de 15 toneladas é explorada pela Cia Paulista de Mineração;
  • Ardósia: Encontrada no morro do Nhanguçu, é utilizada em eletricidade, pedra de afiação e pó neutro para a fabricação de inseticidas;
  • Granito: Encaminhado para São Paulo é explorado nas localidades de Pedreira Fortaleza, Cabuçu e no caminho para Veigas;
  • Caulim: Encontrado no Picanço e Bom Jardim nas cabeceiras do Ribeirão dos Cubas.

Segundo Luiz Franco, entre minerais metálicos além do ouro, aparece o ferro e a hematita que em Bonsucesso-Capuava está situada em propriedade particular.

03-03-2016
Grupo Paupedra, Guarulhos, 1991, história de guarulhos, foto antiga

Riqueza mineral de Guarulhos foi visada pelos colonizadores

Para falar sobre o crescimento e a economia de Guarulhos desde a sua fundação, é preciso voltar no tempo, para isso utilizamos das informações contidas no livro “Formação de uma Metrópole” de autoria de Expedito Leandro Silva.
25-02-2016
Calçamento Emilio Ribas, rua, logradouros, História de Guarulhos, Gopouva

Liga Feminina reivindicou a abertura do trecho final da Emílio Ribas

por Bruno Leite de Carvalho[i] O projeto Memória Viva do Ponto de Cultura da AAPAH leva moradores para falar sobre o passado da cidade, um desses […]
23-02-2016
Familia Saraceni, história de Guarulhos, casarão, tombamento

Imóvel tombado pelo patrimônio histórico como Atrativo Econômico

Ter sua propriedade tombada é uma preocupação recorrente do proprietário que recebe a notícia de que o imóvel que ocupa será tombado como patrimônio histórico. O temor é que este perca seu valor econômico. As mãos invariavelmente vão à cabeça e o pensamento é: “Que bucha, meu deus! Vai tombar minha casa e não vou poder mexer em mais nada. Que prejuízo!”. Isso quando o proprietário, pelo desconhecimento sobre o assunto, não acha que seu imóvel literalmente irá ao chão.
22-02-2016
Monumento em Homenagem ao IV Centenário de Guarulhos escultura, guarulhos, patrimônio cultural

12 bens culturais do Centro de Guarulhos

Selecionamos alguns patrimônios culturais da região central da nossa cidade, alguns são velhos conhecidos, outros passam despercebidos.