Assessoria de Comunicação da AAPAH

Palestra

Nesta sexta-feira (20/05), às 19 horas, os historiadores Elmi Omar e Tiago Guerra fazem a palestra “Guarulhos – identidade, história e memória”, no Espaço dos Escritores Guarulhenses, durante o 5° Salão do Livro de Guarulhos.

Os historiadores abordarão aspectos inerentes à história guarulhense, como os símbolos oficiais da cidade, a economia rural do começo do século XX, a escravidão, a chegada das fábricas e a explosão demográfica após a década de 1960.

Tiago guerra, elmi omar, salão do livro de guarulhos, o que fazer em Guarulhos, história de guarulhos, palestra

Tiago Guerra e Elmi Omar.

As pesquisas executadas em anos de estudos como a história da Irmandade da Igreja dos Homens, a construção do bairro do Cecap, os acontecimentos do IV Centenário de Guarulhos e os levantamentos de dados desenvolvidos pelo Ponto de Cultura da AAPAH servirão de base para as questões discutidas pelos palestrantes.

A palestra terá o tempo de uma hora. Os livros dos escritores Elmi Omar e Tiago Guerra podem ser adquiridos no estande dos escritores guarulhenses. O 5° Salão do Livro acontece no Centro Educacional Adamastor, que fica na avenida Monteiro Lobato, 734 – Macedo – Guarulhos.

Informações sobre os escritores:

Elmi El Hage Omar é pós-graduado em História: Política, Cultura e Sociedade pela UnG. Graduação em História também pela UnG. Foi presidente do Conselho Municipal de Patrimônio Histórico. Atua como pesquisador e secretário executivo da Associação Amigos do Patrimônio e Arquivo Histórico, do qual foi um dos idealizadores em 2009. Escreveu e organizou os livros: “Guarulhos Tem História – Questões sobre História Natural, Social e Cultural”, “Guarulhos, “Espaço de Muitos Povos”, “Casa da Candinha Ruptura e Metamorfose – de Casa Grande a Centro de História e Memória das Culturas Negras”, “Irmandades da Igreja Nossa Senhora dos Homens em Guarulhos – Identidade, Cultura e Religiosidade” e “Signos e Significados em Guarulhos: Identidade, urbanização e exclusão”.

Tiago Cavalcante Guerra é historiador formado pela PUC-SP. Fez especialização em Educação, Ética e Cidadania na USP e mestrado em História Social na PUC-SP. Pesquisador na área de História do Brasil Contemporâneo, com ênfase no estudo de Patrimônio Histórico, Memória e Cidade. Tem artigos publicados em revistas acadêmicas e jornais. Foi organizador do livro “Cecap Guarulhos – História, identidades e memórias”, coautor dos livros: “Guia Histórico Cultural de Logradouros: Lugares e Memórias de Guarulhos” e “Signos e Significados em Guarulhos: Identidade, urbanização e exclusão”. Professor da rede municipal de ensino de São Paulo e de Guarulhos. É diretor geral da AAPAH – Associação Amigos do Patrimônio e Arquivo Histórico.

19-05-2016
Tiago guerra, elmi omar, salão do livro de guarulhos, o que fazer em Guarulhos, história de guarulhos, palestra

AAPAH marca presença no Salão do Livro de Guarulhos

Nesta sexta-feira (20/05), às 19 horas, os historiadores Elmi Omar e Tiago Guerra fazem a palestra “Guarulhos - identidade, história e memória”, no Espaço dos Escritores Guarulhenses, durante o 5° Salão do Livro de Guarulhos.
16-05-2016
O que fazer em Guarulhos, Passeio, Ponto de Cultura, Gratuito, Cabuçu

AAPAH organiza passeio gratuito pelo Cabuçu

No dia 21/05 (sábado), acontecerá o Passeio Histórico Turístico pelo Cabuçu. Os participantes vão conhecer os locais históricos importantes para identidade do bairro. As inscrições devem ser feitas até o dia 19/05 (quinta-feira) pelo e-mail contato@aapah.org.br.
14-04-2016
Oficina de Taipa, Oficina gratuita, O que fazer em Guarulhos?, Ponto de Cultura

Ponto de Cultura da AAPAH realiza oficina de taipa

No próximo sábado (16/04), o Ponto de Cultura da AAPAH inicia a oficina de taipa, a ideia é fazer os participantes aprenderem na prática, será ensinado as técnicas de pilão e pau-a-pique.
06-04-2016
Memória Viva, Armando Leite, música, história oral, ponto de cultura

Memória Viva traz o músico Armando Leite

No próximo sábado (09/04), o Ponto de Cultura da AAPAH traz o músico Armando Leite para participar do projeto Memória Viva. Durante o bate-papo será revisitada a trajetória do professor de música, guitarrista, arranjador e escritor.