Escola Estadual Dulce Breves: Reconhecendo a Própria História

Seminario da AAPAH, Patrimonio Cultural, Arquivo Historico de Guarulhos, Janes Jorge, Ponto de Cultura
V Seminário da AAPAH defende a conservação do patrimônio cultural urbano
08-11-2016
cocaia, morro, guarulhos, sao joão batista, tombada
Igreja São João Batista é símbolo de resistência no Cocaia
18-11-2016

Escola Estadual Dulce Breves: Reconhecendo a Própria História

Escola Dulce Breves, patrimonio tombado, Guarulhos, história, Bairro dos Morros

Patrimônio Tombado

A escola estadual Dulce Breves Neves foi construída no início da década de 1970, sendo denominada inicialmente de Escola de Primeiro Grau bairro dos Morros. Foi projetada como uma pequena escola com quatro salas de aula, para atender a pequena comunidade do bairro. No local foram alfabetizados os filhos dos sitiantes das olarias que existiam na região. Foi a primeira escola pública da região, atendendo crianças de 6 a 10 anos.

A Secretaria de Educação do Estado pretendia demolir para construir outra no lugar com o objetivo de atender mais alunos. Isso mobilizou a comunidade, motivando um interessante processo de reconhecimento do patrimônio histórico local: “Todos se mobilizaram por uma causa nobre. Não podemos perder as identidades da nossa história. E a nossa luta valeu a pena”, argumentou o aposentado Manoel Nóbrega, antigo morador do bairro, como mostrado pela matéria do jornal Guarulhos Hoje em 14/15 de Setembro de 2013. Foram colhidas 500 assinaturas e a demolição foi evitada.

Escola Dulce Breves, patrimonio tombado, Guarulhos, história, Bairro dos Morros

Pátio da Escola Dulce Breves Neves. Acervo: Arquivo Histórico.

Tombada em 2012, pelo Conselho Consultivo Municipal do Patrimônio Histórico, Arqueológico, Arquitetônico e Paisagístico de Guarulhos, após intensa participação popular e pela iniciativa do vereador Edmilson Souza, a escola foi restaurada mantendo seus traços originários.

O nome Dulce Breves Neves é homenagem a uma professora e diretora da rede estadual de ensino. A seguir um perfil que pode ser encontrado no Arquivo Histórico Municipal de Guarulhos:

DULCE BREVES NEVES

Professora da rede estadual e particular de ensino nasceu em São Paulo em 1893. Filha de Arthur Neves e de Clélia Franco de Almeida Neves, seu pai foi constituinte estadual de 1891 e professor da tradicional Escola Normal da Praça, hoje denominada Escola Estadual de 1º e 2º Graus Caetano de Campos, onde Dulce se formou professora. Iniciou sua carreira no Educandário Amália Franco, tendo mais tarde, lecionado no Grupo Escolar Orestes Guimarães e no Colégio Batista Brasileiro. Neste último, exerceu a função de diretora durante 14 anos. Devido a sua dedicação e profissionalismo, foi escolhida patrona da primeira escola pública do bairro dos Morros, a Escola Estadual Professora Dulce Breves Neves.

Tiago Cavalcante Guerra
Tiago Cavalcante Guerra
Historiador, diretor geral da AAPAH, coautor dos livros “Cecap Guarulhos – Histórias, Identidades e Memórias”, “Guia Histórico Cultural de Logradouros – Lugares e Memórias de Guarulhos” e “Signos e Significados em Guarulhos – Identidade – Urbanização – Exclusão”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.