Homenagem ao escritor Eugênio Asano

Rua Francisco Foot -Teatro Padre Bento, em 2013. O prédio sofreu poucas alterações. Acervo: AAPAH/Marcelle Marques de Andrade
O cinema dos hansenianos na internação compulsória
15-04-2016
água, história de guarulhos, plinio tomaz, saee, waldomiro pompeo, engenharia
A implantação da rede de água em Guarulhos
29-04-2016

Homenagem ao escritor Eugênio Asano

Eugenio Asano, poeta de guarulhos, morte, literatura, Gerundio

No dia 04/04/2016, o poeta, contista, ativista cultural e editor de livros, Eugênio Asano, morreu de forma repentina. Para homenageá-lo nada mais preciso que registrar uma de suas poesias aqui no Espaço AAPAH.

Eugênio foi responsável por abrir espaço para vários escritores guarulhenses, a Editora Gerúndio publicava livros em pequena escala, assim era possível lançar os artistas independentes.

 

Disse que ia até a esquina

 

Disse que ia até a esquina

E fui até o mundo

 

Mas eu não menti

Eu não sabia que a vida

Era redonda feito planeta e

Não tinha ângulos

 

Das curvas só conheci as femininas

Estradas a me esperar sob a luz dos postes

Lábios,

Colos,

Seios,

Bundas,

Joelhos…

Que no primeiro encontro

Separei em leste-oeste

 

Ao norte duas montanhas

Fontes onde jorram o mel

 

Ao centro sua ligação

Mágica e mística

Com seus ancestrais

 

Ao sul..

Ao sul..

Ah!

Ao sul eu digo que é sempre verão

 

 

Eugênio S.Asano

                                                                        03-09-1958

                                                                        04-04-2016

Redação AAPAH
Redação AAPAH
Associação Amigos do Patrimônio e Arquivo HIstórico Fale conosco: contato@aapah.org.br e 11 3380-7772.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.