Ilhas de Calor em Guarulhos

Injeção no Sanatório Padre Bento, lepra, documentário, foto, onde mora a esperança
Sanatório Padre Bento foi pioneiro no tratamento da hanseníase
16-02-2016
Monumento em Homenagem ao IV Centenário de Guarulhos escultura, guarulhos, patrimônio cultural
12 bens culturais do Centro de Guarulhos
22-02-2016

Ilhas de Calor em Guarulhos

horto florestal, guarulhos, o que fazer em guarulhos, natureza, verde, parque

Meio Ambiente

O Meio Ambiente é alterado pelo ser Humano, para suprir as necessidades básicas, como moradia, alimentação, transporte. Através da tecnologia, foram alteradas as paisagens naturais transformando-as em cidades. Guarulhos não foge à regra.

A substituição da vegetação por grandes quantidades de casas, prédios, ruas e calçadas pavimentadas faz aumentar significamente a irradiação do calor para a atmosfera. Assim ocasiona o fenômeno Ilhas de Calor: o aumento da temperatura em dias de sol, devido à utilização de materiais que absorvem o calor com maior intensidade, como o asfalto, ferro das pontes, vidro presente em abundancia em prédios.

A lha de Calor é uma das mais evidentes conseqüências da ação do homem sobre o microclima de uma região. Colabora para aumentar o índice de poluição nas zonas centrais das áreas urbanas. As variações térmicas podem chegar até 7°C. Guarulhos possui vários picos de temperatura espalhados pela mancha urbana caracterizando várias Ilhas de Calor, sobre as quais a Secretaria Meio Ambiente trabalha.

Foram identificadas através de análises do laboratório de geoprocessamento da UNG. O grupo de estudos identificou uma grande diferença entre as áreas que são cobertas pela mata e aquelas onde há apenas construções. No Aeroporto, por exemplo, onde existem as pistas asfaltadas, em imagem termal foi verificada uma temperatura de 38°C na superfície, enquanto que na mata da Base Aérea a apenas alguns metros dali, a temperatura era de 28°C. Já na Cidade Satélite de Cumbica, ela voltava a 38º.

A Secretaria do Meio Ambiente possui varias ferramentas de educação ambiental, entre elas o Clube da Arvore, o Adote uma Árvore, Adote uma Ilha Verde, parcerias com escolas e empresas, palestras e plantio agendados.

Horto Florestal Guarulhos - Anna Carneiro, natureza, o que fazer em guarulhos, verde

Horto Florestal de Guarulhos, local de cultivo de mudas. Acervo: AAPAH/ Anna Maria Teixeira Carneiro.

Em 2009, a Prefeitura de Guarulhos através de projeto de Lei institui o Programa Ilhas Verde – PIV, para combater as ilhas de calor urbanas no Município. Na implantação de áreas verdes serão priorizadas as seguintes ações: arborização, implantação de mini bosques, implantação de telhado verde ou jardim suspenso, proteção, conservação, fiscalização, recuperação e aquisição de áreas de especial interesse à mitigação das ilhas de calor. Poderão ser adotadas áreas públicas para implantação de ilha verde por pessoas jurídicas e físicas, ficando autorizada a colocação de placa de publicidade identificando a referida adoção, conforme modelo a ser fornecido pela Secretaria do Meio Ambiente.

O fenômeno de calor identificado em vários espaços da cidade pode ser regularizado conforme ações dependentes tanto do governo, como dos cidadãos. É possível progredir e pensar no bem estar da sociedade, as iniciativas pensadas no PVI servem para deixar a nossa cidade mais agradável para se viver.

Anna Maria Teixeira Carneiro
Anna Maria Teixeira Carneiro
Guia de Turismo, cofundadora da AAPAH - Associação Amigos do Patrimônio e Arquivo Histórico.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.