O bairro do Itapegica e sua vocação industrial

Cidade Seródio e Haroldo Veloso: de galinheiro a moradia
31-01-2016
avenida antonio sousa - Guarulhos
Caminho entre a mente e o corpo e o nosso dia-a-dia
06-02-2016

O bairro do Itapegica e sua vocação industrial

Industrialização em Guarulhos

O Itapegica é um dos bairros mais antigos de Guarulhos. Além do significado indígena (Ita=Pedra – Gica=Grande), o bairro esteve associado ao processo de desenvolvimento industrial da cidade. Sobre a tal pedra, alguns moradores fazem menção a muitas outras pedras que existiam na região.

A localização do bairro incrustado entre as duas rodovias, Dutra e Fernão Dias, foi ideal para implantar-se a indústria no território.

Foi nesta região que em 1919, Guiseppe Saraceni e família se instalaram próximo a avenida Guarulhos, caminho para o bairro da Penha. No porão deste casarão, funcionou a primeira indústria de sapatos e artefatos de couro que fornecia para o Segundo Batalhão de Guardas de São Paulo que ficava localizado no centro da capital paulista.

Durante muito tempo, pertencente à arquitetura do bairro, o casarão compunha juntamente com as casas dos trabalhadores da fábrica, um importante conjunto urbano operário. Não foi a toa que a casa seria tombada em 2000, depois de pertencer a Olivetti. Abandonada pelo proprietário e pelo poder público, o casarão seria destombado em 2010, quando a cidade completava 450 anos.

Bairro do Itapegica. Acervo: Adilson Penido/Massami Kishi. Ano: 1958

Bairro do Itapegica. Acervo: Adilson Penido/Massami Kishi. Ano: 1958

Voltando um pouco para trás, foi na década de 1950 que chegaram outras indústrias como a Serralheria Pompeo e a empresa Cindumel. Mas seria a Indústria de Máquinas de Escrever Olivetti e a Phillips do Brasil que marcariam para sempre presença na memória espacial e afetiva dos moradores do Itapegica. Inclusive na imagem escolhida para ilustrar este texto, indicamos a construção das duas fábricas na região no alto da foto, tendo a rodovia Dutra como divisora. Isto no ano de 1958.

Além de serem multinacionais, estas empresas vão ser responsáveis pela construção dos primeiros complexos industriais de Guarulhos. Contando com uma parte de moradores de Guarulhos e sob uma direção que convidava os funcionários a aderirem à empresa quase como uma família, as duas empresas abririam o processo intenso de desenvolvimento industrial pelo qual a cidade passaria a partir da década de 1960.

 

Tiago Cavalcante Guerra
Tiago Cavalcante Guerra
Historiador, diretor geral da AAPAH, coautor dos livros “Cecap Guarulhos – Histórias, Identidades e Memórias”, “Guia Histórico Cultural de Logradouros – Lugares e Memórias de Guarulhos” e “Signos e Significados em Guarulhos – Identidade – Urbanização – Exclusão”.

1 Comment

  1. Caro Tiago, Boa tarde, visitando a história do bairro de Itapegica, gostaria de deixar dois”pitacos”:
    A foto aérea do fotógrafo Massami Kishi mostra a várzea do rio Tietê próximo ao bairro Ponte Grande onde hoje fica a Rodovia Ayrton Senna e o Parque Ecológico do Tietê. O bairro em questão, fica mais no alto da foto onde aprece as construções da Olivetti e Phillips.
    Quanto ao significado do nome ITAPEGICA vem a derivação “ITA” = Pedra agora “GICA” não acredito que seja “GRANDE”, por que seria nestas derivações “Guassu, Guaçu, açu ou ussu”.
    Bacana o site, estão de parabéns !!
    Vou ver se consigo uma foto atual da mostrada no Conjunto Haroldo Veloso, moro na região. Se eu conseguir mandarei para contribuir.
    Abs,
    Prof. Ms. William de Queiroz

    View Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.