As lições de Atibaia para o turismo em Guarulhos

Padre Bento: um leprosário modelo
11-01-2016
Lugares e Memórias sobre o Parque Cecap
15-01-2016

As lições de Atibaia para o turismo em Guarulhos

Turismo

No ano de 2012, às vésperas da eleição para o pleito municipal ocorre um importante movimento no município de Atibaia. Cansados de indiferença e da falta de continuidade das políticas públicas representantes do trade turístico (membros de entidades, donos de hotéis, restaurantes, agências, artesãos, professores e estudantes) se reúnem para produzir um documento denominado Manifesto Público da Estância de Atibaia.

No dia 24 de julho daquele ano reuniram no Centro de Convenções Victor Brecheret todos os representantes do turismo, jornalistas, formadores de opinião, comunidade e autoridades diversas. Na ocasião o trade apresentou aos candidatos a prefeito um documento que dizia basta, é isso o que queremos. A sociedade apontava as conquistas anteriores de um Conselho e Entidades atuantes e de um governo que precisaria se comprometer com uma visão de futuro para a cidade. No dia do evento todos os pré-candidatos assinaram o documento diante do público e se comprometeram com o turismo no município.

Museu João Batista Conti, foto: Prefeitura Municipal de Atibaia/SP.

Museu João Batista Conti, foto: Prefeitura Municipal de Atibaia/SP.

Três anos depois, o prefeito eleito Saulo Pedroso (PSD) iniciou as mudanças e agora já colhe os seus frutos. Para a secretaria de Turismo foi designado um representante do trade, no seu quadro de funcionários estão técnicos em turismo. Primeira lição: profissionalismo na gestão. O Orçamento de Atibaia é comprometido com as ações, entidades e conselho municipal, segunda lição: orçamento planejado e gestão descentralizada.

Após um longo inventário dos atrativos, Atibaia lançou em setembro seu Mapa Turístico, sinalizou os atrativos rurais e está em pleno desenvolvimento de festivais gastronômicos: Comida de Boteco 2ª edição e 1º Festival da Cachaça.

A APRECESP Associação das Estâncias Turística do Estado de São Paulo já a tem como referência, além de anualmente o município oferecer a Festa das Flores e do Morango, Revelando São Paulo que ocorrem no Parque Edmundo Zanon sempre crescendo em qualidade. Terceira lição: reconhecimento estadual e melhoria contínua.

O município de 126 mil habitantes ainda tem muito a avançar, mas os passos sólidos que a sociedade lutou e foi atrás podem servir de luz ao tão incipiente turismo de Guarulhos.

Danilo Duarte Ramalho
Danilo Duarte Ramalho
É professor de Turismo e membro colaborador da AAPAH.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.