O dia que o Flamengo de Guarulhos representou o Brasil

Infância no Sanatório Padre Bento
29-12-2015
Patrimônio histórico em Guarulhos: estado da arte
30-12-2015

O dia que o Flamengo de Guarulhos representou o Brasil

Futebol em Guarulhos

O ano de 2003 foi especial para o Flamengo de Guarulhos, pois o time viajou para o Líbano, onde realizou um amistoso na capital, Beirute. O adversário foi o Nejmeh e o placar da partida foi 3 a 0, para os brasileiros.

A equipe foi escalada pelo técnico Pardal. O destaque do jogo foi o atacante tetracampeão mundial pela Seleção Brasileira, Bebeto. O jogador atuou um tempo em cada equipe. Os gols foram marcados por Carlos Clay, Fabrício e Adriano.

Na época surgiram alguns boatos que os libaneses pensavam que era o Flamengo do Rio de Janeiro. “Uma Comitiva do primeiro ministro Rafik veio ao Brasil e um grupo de esportistas de lá nos visitou. Um amigo libanês, chamado Fuca Halabi intermediou. Lá no Líbano na primeira viagem percebi que os organizadores não explicavam muito sobre ser o Flamengo de Guarulhos, aí distribuí um monte de cartões. Ficou claro (que se tratava de outro rubro-negro), eles não gostaram muito”, relatou Ricardo Beires, presidente do Flamengo em 2003, ao ser questionado sobre a contratação para o amistoso internacional.

O tetracampeão Bebeto com a camisa do Flamengo de Guarulhos. Acervo: http://aaflamengo.blogspot.com.br/.

O tetracampeão Bebeto com a camisa do Flamengo de Guarulhos. Acervo: http://aaflamengo.blogspot.com.br/.

Bebeto foi contratado para dar visibilidade ao amistoso na ocasião seriam três amistosos, após os libaneses descobrirem que não se tratava do Flamengo do Rio de Janeiro, os outros dois jogos foram adiados.

“Confesso que fiquei emocionado, quando da tribuna de honra, vi meu time perfilado e cantando o hino nacional brasileiro em pleno Oriente Médio”, ressaltou Ricardo Beires.

O acontecimento gerou muita polêmica em Guarulhos, quando saiu na imprensa que os três amistosos não foram cumpridos. Os relatos do dirigente do corvo expõem uma versão para o caso, que ainda pode ser explorado com outros personagens e lembranças da época.

Diogo Leite de Carvalho
Diogo Leite de Carvalho
É poeta autor dos livros Gritos poéticos e Poesias Cotidianas,estudante de história. cofundador da AAPAH.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.