Flamengo de Guarulhos faz 61 anos

A educação pública de qualidade é nosso maior patrimônio
28-12-2015
O desenvolvimento da terra de índios nômades e a chegada da ferrovia
28-12-2015

Flamengo de Guarulhos faz 61 anos

Futebol em Guarulhos

No dia 23/05/2015, no Ponto de Cultura AAPAH – Memória, Cidadania e Patrimônio, realizou-se o evento chamado Rodas de História”, cujo objetivo é agrupar pessoas que viveram em pele e osso determinado fato para falar sobre ele, a partir de seus sentimentos e sua memória.

Dentro da perspectiva do patrimônio imaterial, a AAPAH entende que o futebol é parte da identidade brasileira, sendo os times um reflexo disso, onde a paixão e a emoção ultrapassam o mero entretenimento e tornam-se parte essencial do que é ser brasileiro. Democrático como é, não vê cor, credo, etnia ou religião. No campo, vence o melhor, a bola é o juiz supremo.

Eric Hobsbawn afirma em seu livro “A Era dos Extremos: “…e quem, tendo visto a seleção brasileira em seus dias de glória, negará sua pretensão à condição de arte?…”.

Alias, em tempos de ditadura da beleza, onde a magreza esquelética é o norte, é simbólico que a Gorduchinha seja a mais desejada.

Dentro da visão de que futebol também é cultura e arte, a AAPAH organizou a primeira Roda de História sobre a Associação Atlética Flamengo, mais conhecido como o Flamengo de Guarulhos.

O clube surgiu no bairro do Jd. Tranquilidade, em 01/06/1954, onde se mantém até hoje, entre amigos que queriam jogar nos finais de semana. Conquistou muitos títulos na cidade, e hoje é um dos representantes do município no campeonato profissional de futebol, junto da A.D Guarulhos. É um dos times mais importantes da cidade, com uma história rica digna de muito orgulho.

O evento foi mediado pelo poeta Diogo Carvalho e Adriano Silva, e filmado por Bruno Leite, todos da AAPAH.

A.A. Flamengo Tetra Campeão de Futebol Amador de Guarulhos em 1972, no Estadio Cicero Miranda. Acervo: Arquivo Histórico de Guarulhos.

A.A. Flamengo Tetra Campeão de Futebol Amador de Guarulhos em 1972, no Estadio Cicero Miranda. Acervo: Arquivo Histórico de Guarulhos.

Compareceram personagens importantes na vida do clube como Ednilson, da Torcida Uniformizada “Comando Rubro-Negro” e Silvestre, torcedores fanáticos do Corvo, que lutam cotidianamente para manter viva a chama do Flamengo. Para eles, o time representa suas vidas.

Além deles, veio o Sr. Paulo, que vive o clube desde criança, e possui diversas histórias riquíssimas sobre o time, suas glórias e sua identificação com a população, extrapolando os limites municipais. Ele descreve o Flamengo como apaixonante, sendo mais que um time, um verdadeiro estado de espírito.

Compareceu também Carlos, responsável pela comunicação do time, com uma visão moderna e atual sobre marketing esportivo. Externou diversas ideias e planos para a melhoria do time de forma bastante positiva e promissora.

O bate-papo foi bem descontraído. Conversou-se sobre a história do Corvo, atual situação do futebol guarulhense, elitização do esporte, dentre outros assuntos correlatos.

A AAPAH organizará mais Rodas de História, com outros times que foram e são importantes no cenário futebolístico da cidade de Guarulhos, a fim de resgatar um cenário que já orgulhou muito os munícipes. Parabéns Associação Atlética Flamengo, aniversariante da semana.

Adriano Souza Silva
Adriano Souza Silva
Advogado, especialista em Direito do Entretenimento, Patrimônio Histórico e Cultura. Pós-graduando em Gestão Cultural pela Universidad Nacional de Córdoba – Argentina. É membro da AAPAH – Associação Amigos do Patrimônio e Arquivo Histórico e Pai do Ariel.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.