Irmandades da Igreja Nossa Senhora dos Homens Pretos em Guarulhos – Identidade, Cultura e Religiosidade

livro sobre a história de Guarulhos, História Guarulhos, Patrimônio Histórico Guarulhos, historiografia guarulhense, imprensa guarulhos, IV centenário,
Signos e Significados em Guarulhos: Identidade, urbanização e exclusão
18-03-2015
história de guarulhos, lugares e memorias, programa de tv, logradouros, guia historico cultural, livro
Guia Histórico Cultural de Logradouros – Lugares e Memórias de Guarulhos
18-03-2015

Irmandades da Igreja Nossa Senhora dos Homens Pretos em Guarulhos – Identidade, Cultura e Religiosidade

livro sobre guarulhos, historia de guarulhos, homens pretos, elmi omar

Negros em Guarulhos

O historiador Elmi Omar, pesquisou os verdadeiros motivos para a derrubada do templo, onde os negros compareciam para ter contato com o espiritual. Ali acontecia o culto religioso sincretizado e também as festas profanas – as congadas, os moçambiques e toda cultura criada na junção da fé católica com a cultura negra vinda da África.

A igreja Nossa Senhora do Rosário dos Homens Pretos ficava no meio da atual Rua Dom Pedro II, perto do atual Poli Shopping. No chão há uma pintura em preto indicando o suposto local do templo derrubado, porém, Omar diverge da localização. Com base nos documentos e entrevistas, o historiador também colheu depoimentos de antigos moradores que informaram que a localização ficaria um pouco para frente de onde fizeram a pintura. Outra prova foi o estudo arqueológico feito com o sistema GPR – Radar de Penetração do Solo.

O livro utiliza a igreja como objeto de estudo para apontar o branqueamento do centro histórico, como aconteceu em outros lugares do Brasil. A igreja dos pretos ficaria mais distante da área central e também perderia seu antigo nome, deixando a comunidade negra à margem de algo que havia sido construído com suor e com a organização das irmandades.

Para Elmi Omar, a retirada física do templo serviria também como tentativa de desconstruir o imaterial das festas, danças e cantos que eram reprimidos pelas autoridades eclesiásticas e também por setores da igreja, que queriam uma fé alinhada com os mandamentos do Vaticano.
O livro é repleto de imagens que reconstroem uma Guarulhos desconhecida pela maioria das pessoas, um local rural com poucos moradores, onde os descendentes de escravos ainda lutavam para conseguir algum tipo de trabalho e lutar contra o preconceito.
O lançamento de mais uma obra de Elmi Omar, presidente do Conselho Municipal do Patrimônio Histórico e diretor geral da Associação Amigos do Patrimônio e Arquivo Histórico, aconteceu no dia 20/11/13, feriado da Consciência Negra. O Livro “Irmandades da Igreja Nossa Senhora do Rosário dos Homens Pretos em Guarulhos” é mais que uma homenagem à comunidade negra, é um histórico acerto de contas.

Informações sobre o livro:

Título: Irmandades da Igreja Nossa Senhora dos Homens em Guarulhos – Identidade, Cultura e Religiosidade
Autor: Elmi E. H. Omar

Editora: Navegar

Assunto: História de Guarulhos, Irmandade Nossa Senhora dos Homens Pretos
Páginas: 142

Ano de edição: 2013

Apoio financeiro Secretaria municipal de Cultura

 

Assessoria de Comunicação da AAPAH
Assessoria de Comunicação da AAPAH
Contatos a assessoria de comunicação da AAPAH: E-mail: bruno@aapah.org.br Celular: 11 98241-4408

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.